Quem somos

Mundo melhor

Futuro de plástico? A importância do consumo consciente, que reduz o impacto negativo do plástico no planeta

Mundo melhor

Futuro de plástico? A importância do consumo consciente, que reduz o impacto negativo do plástico no planeta

Infelizmente o ritmo de reciclagem do plástico não acompanha a sua constante produção. Repensar esse tipo de consumo é fundamental e cada um pode fazer a sua parte. Entenda aqui os impactos do excesso de plástico e as mudanças que podem iniciar na sua rotina e contribuir positivamente com o futuro do planeta

17/08/2023

Infelizmente o ritmo de reciclagem do plástico não acompanha a sua constante produção. Repensar esse tipo de consumo é fundamental e cada um pode fazer a sua parte. Entenda aqui os impactos do excesso de plástico e as mudanças que podem iniciar na sua rotina e contribuir positivamente com o futuro do planeta

Já parou para pensar na quantidade de plástico que cerca o seu dia a dia, seja em casa, na rua ou durante uma viagem? De acordo com a divisão das Nações Unidas para o Meio-Ambiente, atualmente, são jogados nos mares mais de 8 milhões de toneladas de lixo por ano e, se nada for feito para reverter o cenário atual, a estimativa é que em 2050 teremos mais plástico do que peixes no oceano. Por essas e outras que, em 2018, a Organização das Nações Unidas (ONU) iniciou um movimento de conscientização global a fim de conscientizar consumidores, instituições e empresas a reduzirem a poluição causada pelo descarte de objetos de plástico, que é um dos grandes desafios da atualidade.

Stellar não só apoia muito essa causa, como foi criada para estimular e aproximar consumidores de marcas sustentáveis ambientalmente e socialmente. Porque se cada um de nós fizermos a nossa parte, muito terá sido feito. 

.

Conscientização – passo inicial

O primeiro passo certamente é a conscientização, pois é a partir disso que as mudanças de comportamento acontecem. Muita gente não sabe, por exemplo, que o plástico pode levar mais de 400 anos para se decompor. Além disso, pode levar à morte de 100 mil animais marinhos a cada ano. Esses animais ingerem partículas de plástico, causando muita dor e comprometendo o ciclo reprodutivo das espécies marinhas, podendo levá-las à extinção. Só no caso das tartarugas marinhas, cinco das sete espécies catalogadas correm o risco de sumir dos oceanos, de acordo com levantamento da União Internacional de Conservação da Natureza (IUCN).
Outro dado alarmante e que tem impacto direto com o nosso comportamento é que 91% do plástico utilizado no mundo não é reciclado. Desde os anos 1950, quando teve início a  produção em larga escala dos materiais sintéticos à base de plástico, estima-se que tenham sido produzidos mais de 8,3 bilhões de toneladas de plástico. Desse total, apenas cerca de 9% é reciclado. 

Mudança de hábitos

Entre os hábitos que são os mais adotados para a redução do plástico no dia a dia, a troca das sacolinhas de mercado pelas versões reutilizáveis é uma prática já bem consolidada. E existem outras iniciativas, como as do mundo da moda, que estão utilizando, por exemplo, garrafas pets recicladas para confeccionar roupas. É o caso da marca Yara Homecare, cujas borrifadores e frascos de concentrados para uso na limpeza da casa são elaborados a partir de plástico reciclado 100% pós-consumo.

Esse tipo de iniciativa está sendo adotada por diversas marcas de moda ao redor do mundo, e é fundamental o seu impacto, afinal, em todo o mundo, 1 milhão de garrafas de plástico são compradas a cada minuto e, infelizmente, o ritmo de reciclagem não acompanha a produção. 

[vtex blocktype=”products” ids=”501″]

Outra marca, que faz parte da nossa constelação de estrelas-designers, que também contribui positivamente com o planeta é a Dacosta Verde, que produz bolsas térmicas de forma sustentável, com materiais responsáveis e com tecnologia industrial avançada. As bolsas da marca são feitas 100% em poliéster reciclado REPREVE®, considerado o primeiro fio de poliéster do mundo a ser rastreável, produzido a partir de resíduos plásticos reciclados pré e pós-consumo. Isso significa que resíduos tanto da indústria têxtil, quanto de produtos como garrafas plásticas que foram utilizados e descartados pelos consumidores retornam à cadeia produtiva, fortalecendo a economia circular. Como consequência, a certeza de contribuir para a diminuição do acúmulo de plástico em aterros sanitários e oceanos. Além de optar por produtos duráveis e que utilizem o plástico, outras ações simples no dia a dia, fazem a diferença, como: optar por garrafas retornáveis em vez das descartáveis; preferir produtos com embalagens biodegradáveis, que seguem um processo de decomposição natural no meio ambiente; carregar sua garrafa ou copo, em vez de usar os descartáveis; reutilizar embalagens de plástico em casa e, claro, quando não houver como reduzir o consumo ou aproveitar, destinar à coleta seletiva.

[vtex blocktype=”products” ids=”560,562″]

Valorize os equipamentos que auxiliam o cuidado da família e a importância da energia elétrica na manutenção da casa. Aproveite para ensinar as crianças a cuidar do que é de uso comum e a valorizar todo trabalho doméstico de higiene e organização.

Agora queremos saber: quais hábitos seus favorecem o meio ambiente? compartilhe-os aqui e vamos juntos tornar essa rede do bem mais forte! 

compartilhe esse carinho

Você também vai gostar de ver

25/03/2024 • Designers

Organização, sustentabilidade e design: leve na mala os organizadores de roupas, brinquedos e acessórios.

ver artigo completo
20/03/2024 • Designers

Cosméticos em Barra Palma: zero resíduos e 100% ativos do Cerrado

ver artigo completo
02/03/2024 • Saúde e bem-estar

Por que o olfato e o paladar mudam durante a gestação?

ver artigo completo
29/02/2024 • Saúde e bem-estar

Dicas para uma introdução alimentar de qualidade

ver artigo completo
Ver mais publicações

Nossos temas favoritos

[optin-monster-inline slug="ecs7dujpozunqs1bing6"]

Desenvolvido por: