Quem somos

Designers

Quando não encontramos um algodão 100% orgânico, substituímos por uma malha biodegradável, por exemplo. Nosso lema é sempre priorizar tecidos que não estejam em sua primeira vida no planeta. Por isso buscamos fornecedores que tenham esses padrões

Luciana Campos, fundadora da Mingau é Legal


Na Mingau é legal, as peças são cuidadosamente pensadas para que evitem rótulos de personalidade ou comportamento, buscando criar um ambiente neutro e seguro, onde as crianças sintam-se acolhidas para se expressar de acordo com suas próprias referências. Nada de meninas vestem rosa e meninos vestem azul; pelo menos, não obrigatoriamente.

O que vemos é um universo de vestidos, macacões, camisetas, calças, desenhados e produzidos a partir de recortes planos, o que facilita a locomoção e as aventuras das nossas estrelas, deixando seus corpinhos livres para tantas descobertas, cirandas, danças e brincadeiras que a vida traz até nós. 


E por saber que a liberdade não se contenta com brilho individual, a Mingau também se insere numa cadeia de produção justa: os tecidos são de produção familiar, os tingimentos são naturais, a produção trabalha com aproveitamento total dos tecidos e não há plástico nas embalagens.


Enquanto parceira para a sustentação dos seus projetos, a Mingau conta com o Instituto Alinha. Com sede no Brasil e nos Estados Unidos, o instituto “nasceu da demanda dos consumidores interessados em saber qual é a história das peças que estão vestindo.” Ele dá apoio às oficinas de costura autônomas para que elas sejam regularizadas e conectadas com marcas que valorizam as relações de trabalho dentro da cadeia. Além disso, 2% de toda a venda são destinados para um projeto infantil por semestre. Dessa forma, contribuem para o futuro de diferentes famílias e crianças em situação de vulnerabilidade social.  


Como podemos ver, a Mingau é Legal mesmo! Valoriza a liberdade, o conforto e segurança das crianças, assim como também se posiciona em favor do meio ambiente, construindo um mundo melhor para nós e para os nossos filhos.

O bucket hat feito por mãos de fada

O bucket hat de crochê da Mingau é Legal é feito sem tingimento e de algodão 100% orgânico, plantando por famílias através da agricultura familiar, sem o uso de agrotóxicos. O crochê é feito pela tia Nives, conhecida como “mãos de fada”!

Mingau é Legal

chapéu crochê vó lu

Mingau é Legal

blusa oi

Oi, mundo melhor!

Blusa de moletom cinza com botões no ombro, assim a cabeça da criança passa com mais conforto e menos stress. Feito em 85% de algodão reciclado, desenvolvido através da desfibrilação de peças que não seriam mais utilizadas, os outros 15% são de poliéster reciclado. Essa peça linda e consciente é finalizada com um feliz “oi” bordado manualmente.

compartilhe esse carinho

Conheça mais conteúdo sobre nossos parceiros

25/03/2024 • Designers

Organização, sustentabilidade e design: leve na mala os organizadores de roupas, brinquedos e acessórios.

ver artigo completo
20/03/2024 • Designers

Cosméticos em Barra Palma: zero resíduos e 100% ativos do Cerrado

ver artigo completo
28/11/2023 • Dacosta Verde

Estilo e sustentabilidade em bolsas multifuncionais

ver artigo completo
11/10/2023 • Designers

Enfant Bisu: roupas infantis clássicas e confortáveis pela celebração da infânciaEnfant Bisu:

ver artigo completo
Ver mais publicações

Conheça mais parceiros que amamos

[optin-monster-inline slug="ecs7dujpozunqs1bing6"]

Desenvolvido por: