Quem somos

Designers

Enxergamos ali uma oportunidade de amadurecimento dos processos de produção e juntos fomos à luta para profissionalizar aquele negócio.

André Pascowitch


Mudanças à vista


O que era um hobby ganhou status de empresa quando, no início da pandemia do Covid-19, em 2020, ela perdeu o emprego como cenógrafa de eventos — um dos setores mais afetados economicamente. Como se não bastasse, o marido, André, que durante mais de 20 anos trabalhou na área da comunicação, também viu seu emprego ir por água abaixo devido à crise. Com uma longa bagagem na área do jornalismo esportivo e atuação em agências de comunicação, André já não estava mais tão satisfeito com seus últimos trabalhos, e como sempre teve veia empreendedora — já havia lançado alguns produtos de comunicação no mercado —resolveu olhar com atenção o hobby da esposa e investir nele. “Enxergamos ali uma oportunidade de amadurecimento dos processos de produção e juntos fomos à luta para profissionalizar aquele negócio. Nunca tive receio em mergulhar de cabeça em algo completamente novo. Já tive que recomeçar algumas vezes e hoje vejo que os insucessos anteriores ajudaram a enxergar caminhos e a trazer resultados positivos para a profissionalização do nosso negócio”, conta. 


Marcela continuou dedicada no processo criativo dos bichinhos de veludo cotelê conhecidos como Doudou´s — ou simplesmente naninha francesa — enquanto André foi pesquisar sobre o mercado, entender os termos técnicos e tudo o que envolve esse universo da confecção. “Foi tudo novo, desafiador e muito empolgante. Nunca ninguém próximo a mim havia trabalhado com confecção. Foi realmente um mergulho de cabeça”, diz. 


O primeiro grande passo rumo à profissionalização da marca criada por eles, a Bembê Atelier, foi conseguir o selo de segurança para o INMETRO, garantindo assim que qualquer bebê ou criança pudesse levar o objeto à boca, morder e brincar sem qualquer risco. 


Já com o selo, eles criaram o e-commerce da empresa e as redes sociais, que são comandadas por Marcela e fazem as vezes de vitrine da marca, gerando desejo pelo consumo dos produtos. 


André sabia que era necessário ter uma cadeia de produção sustentável economicamente — melhor ainda se ainda tivesse responsabilidade social. E foi pensando em como tornar essa equação possível que ele teve a ideia de procurar o Projeto Arrastão, ONG, que desde 1968, acolhe e dá suporte às famílias que vivem em condição de pobreza. A parceria foi firmada e a Bembê Atelier encontrou nas costureiras do projeto uma constelação de mulheres e mães que ajudaram a dar vida aos sonhos, passando a gerar também renda para elas. 


O primeiro ano da marca foi de reestruturação, ajustes e aprendizados. E para ajudar nesse processo, André teve a ideia de montar um plano e fazer uma rodada de “Family e Friends”, ou seja: a captação de investimentos entre os próprios amigos. Deu certo: alguns interessados investiram dinheiro na marca em troca de participações nos lucros futuros.

Com os pés no chão e os olhos no futuro

Se como hobby Marcela vendia, no máximo, 10 Doudou’s ao longo do mês, com a aposta do marido na profissionalização do negócio, eles viram esses números saltarem para 400 itens, incluindo naninhas, bolas, tapetes, entre outras estrelas do designer. Um salto que só foi possível graças aos pequenos passos dados diariamente e que levaram não somente à venda direta, mas à venda por atacado para outras marcas importantes do setor materno-infantil. “Eu pesquisava as marcas que tinham a ver com o nosso propósito e com o tipo de produto que confeccionamos e entrava em contato, uma a uma. Fazia reuniões e apresentava nosso produto. Com o tempo, conseguimos contratar representantes comerciais já conhecidos no setor e isso nos ajudou a alavancar as vendas e fechar grandes pedidos até mesmo em outras regiões do Brasil”, diz André. 

Bembé

Caranguejo

Bembé

Lobo-Guará Ben

O passo seguinte foi pensar em itens personalizados

para oferecer às lojas do segmento maternidade de luxo, o que tornou o custo do produto diferenciado e reforçou os Doudou´s nesse importante mercado. 

E o ano de 2022 promete: a Bembê Atelier fechou recentemente com uma grande empresa de chocolates, a compra de 1.500 Doudou´s, que irão acompanhar edições limitadas de alguns produtos de Páscoa. Assim, o faturamento vem se fortalecendo e, Marcela e André passaram de MEI para ME, provando que unidos, com um bom planejamento e muita vontade de fazer o negócio dar certo diariamente é possível superar os limites, transformar vidas e inspirar outros sonhos! Hoje, a marca é formada por uma equipe de mãos criativas que dão vida aos produtos com muito carinho e dedicação, olhando sempre para frente, com cuidado para que o toque especial das mãos continue sendo seu principal valor.

compartilhe esse carinho

Conheça mais conteúdo sobre nossos parceiros

28/11/2023 • Dacosta Verde

Estilo e sustentabilidade em bolsas multifuncionais

ver artigo completo
11/10/2023 • Designers

Enfant Bisu: roupas infantis clássicas e confortáveis pela celebração da infânciaEnfant Bisu:

ver artigo completo
04/10/2023 • Designers

Protetor solar infantil natural, vegano, hipoalergênico e amigo da vida marinha: Mami Wata

ver artigo completo
30/09/2023 • Bertha e Jerome

Bertha e Jerome: o encontro entre o básico, o essencial e o irreverente em roupas sem gênero para crianças de 1 a 10 anos

ver artigo completo
Ver mais publicações

Conheça mais parceiros que amamos

[optin-monster-inline slug="ecs7dujpozunqs1bing6"]

Desenvolvido por: