Quem somos

Educação

"Amiga Coragem": livro infantil incentiva crianças a serem corajosas

Educação

“Amiga Coragem”: livro infantil incentiva crianças a serem corajosas

Carla Brandão conta de onde veio a motivação para falar sobre o tema, e como os pais podem ajudar as crianças a descobrirem a coragem que está dentro delas.

11/01/2024

Stellar entrevistou Carla Brandão, jornalista, pesquisadora, palestrante e autora das obras “#DoeCoragem – Manual Divertido de viver o Agora” e “Amiga Coragem”. Aqui ela conta de onde veio a motivação para falar sobre o tema, e como os pais podem ajudar as crianças a descobrirem a coragem que está dentro delas


Formada em duas faculdades de comunicação, área que atuou por 35 anos, mais da metade liderando pessoas, Carla Brandão aprendeu o significado de empatia e inteligência emocional com sua mãe, que nas décadas de 80 e 90 foi uma grande executiva. Ao se deparar com o instigante universo do desenvolvimento humano, há 14 anos, Carla fez diversos cursos de formação, palestras, rodas de conversas em escolas públicas e privadas e treinamento de executivos para uma liderança empática. Atualmente, a escritora se dedica à formação como psicanalista para ampliar seu repertório e formas de atuação. Após escrever seu primeiro livro “#DoeCoragem – Manual Divertido de viver o Agora”, destinado aos adultos, Carla lançou recentemente “Amiga Coragem”, uma obra para o público infantil. O livro traz respostas, caminhos, dicas e estímulos para manter a coragem que é nata do ser humano, mas que vai dando lugar ao medo conforme os anos vão passando. Mergulhe com a gente nesse papo gostoso que tivemos com a autora e pesquisadora:

Stellar – De onde veio a ideia de falar sobre coragem?

Carla Brandão – Tudo começou quando eu identifiquei que a palavra que representava tudo o que eu tinha a comunicar e me representava era essa ação que vem da nossa essência, chamada de CORAGEM.

Stellar – Como foi o seu processo de aprendizagem sobre a coragem? 

Carla Brandão – Eu dei start nessa minha jornada em 2009, quando me separei e vi meu mundo ruir. Há uma sensação de fracasso enorme e uma impotência psicológica que passa a nos dominar. Foi quando resolvi tomar uma providência para reverter aquele estado letárgico. Ganhei um livro e, depois disso, impressionada pelo que li, não parei mais de buscar autoconhecimento e o campo da consciência para guiar meus caminhos. Depois disso, estudo constantemente para alcançar a excelência na forma de entender e auxiliar  quem precisa recuperar seu propósito e agir pela coragem.

Stellar – Quais são os pontos que você nota em seus alunos – as dores comuns – e como você propõe que eles lidem com isso e se transformem em pessoas corajosas?

Carla Brandão – Percebo que poucos se enxergam, de fato, como vitoriosos ou acreditam nos próprios sonhos. Eu questiono sobre quem se considera uma pessoa medrosa e a adesão é enorme. Eu faço um trabalho de resgate dessa virtude nata que é a coragem. Busco apresentar recursos para aplicarem no dia a dia e mostro resultados práticos de quem fez isso e é ou foi bem-sucedido nas principais áreas da vida, porque isso sim é sucesso.

Stellar – Quais são os mitos que criamos a respeito da coragem? Coragem é ausência de medo, por exemplo?

Carla Brandão – A coragem é tida como ímpeto ou ausência de medo. Na verdade, coragem é a sua essência em ação. Uma pessoa de posse de sua coragem é imbatível. Afinal, ela tem foco, determinação, desejos, perseverança, constância, equilíbrio, alegria e sabe o gosto de uma conquista. O medo deveria servir apenas como mecanismo de sobrevivência. Mas, nosso inconsciente traz traumas, crenças e pensamentos que fortalecem comportamentos contrários às nossas vontades, desejos e sonhos. E é aí que há uma pessoa medrosa de fato.

Stellar – De onde veio a ideia de escrever sobre coragem para crianças? 

Carla Brandão – Eu já havia lançado um livro sobre coragem, para adultos, em 2018. Então, no fim do ano passado, resolvi transformar o conteúdo em algo mais lúdico e didático para que fosse disseminado entre as crianças, seja por familiares ou educadores. Assim, nasceu o AMIGA CORAGEM, a fim de mostrar a necessidade de consciência desde a tenra idade, para que se tornarem adultos mais sustentáveis e felizes.

Como curiosidade, escrevi o livro em apenas dois dias e só depois eu fiz a revisão. Precisava inserir ilustrações e decidi buscar os desenhos feitos pelo meu filho quando criança. Hoje, ele já tem 24 anos. Fizemos a curadoria juntos, sobre qual desenho escolher de acordo com cada tema abordado ou capítulo do livro. Na contracapa, inseri uma foto minha quando criança, já interessada por estudos e escrita. Acredito que essa imagem gere empatia e incentive cada criança a ir atrás dos seus sonhos.  

Confiei a duas profissionais ligadas à educação a avaliação da obra, a fim de que eu tivesse a certeza da entrega do livro ao público destinado. Foi um momento importante saber que estava no caminho certo. Incluo os pareceres delas no início do AMIGA CORAGEM.

Stellar – Pais confiantes e corajosos influenciam os filhos a serem assim também? Por onde começar?

Carla Brandão – Com toda certeza os pais são fundamentais para o processo de manutenção da coragem de uma criança. Porém, é preciso dizer que muita gente confunde coragem com disputa, garra com agressividade, presença com falta de empatia. Devemos começar entendendo nossas limitações e a dos nossos filhos, estendendo a mão para que eles saibam que fragilidade não é covardia e que coragem é algo que eles já possuem, basta manter. Mas, se vale uma dica, ela diz respeito a combater os próprios medos e limitações com ações práticas, como reclamar menos, abrir a possibilidade do diálogo, observar seu filho e esquecer os julgamentos. Tudo o que dizemos sobre o outro, é sobre nós mesmos.

compartilhe esse carinho

Você também vai gostar de ver

29/02/2024 • Saúde e bem-estar

Dicas para uma introdução alimentar de qualidade

ver artigo completo
27/02/2024 • Família

Ter relações sexuais próximas à criança, pode interferir no seu desenvolvimento e causar traumas.

ver artigo completo
22/02/2024 • Saúde e bem-estar

A importância da educação sexual para as crianças

ver artigo completo
20/02/2024 • Educação

Brigas entre irmãos: como lidar para criá-los respeitando suas individualidades

ver artigo completo
Ver mais publicações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nossos temas favoritos

[optin-monster-inline slug="ecs7dujpozunqs1bing6"]

Desenvolvido por: